quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

É proibido pensar

Acho que já tive a oportunidade de dizer aqui no blog que não tenho acompanhado a música gospel com afinco. Da minha parte, faltam tempo e interesse; do gênero musical, novidades atraentes. Como diria a música dos Paralamas, quase sempre são variações do mesmo tema sem sair do tom.

Além disso, a postura de muitos artistas evangélicos é no mínimo frustrante para quem conhece o meio. Não gostam de ser chamados de artistas – preferem o termo bíblico “levitas” – mas agem com mais orgulho e vaidade que um rock star internacional. Some-se a tudo isso os diversos escândalos envolvendo cantores e pastores e o desânimo está mais que justificado.

Bem, mas este post não é para falar mal da música gospel, muito pelo contrário. Quero destacar algo que vi e achei tão interessante a ponto de gastar um tempinho para falar disso e compartilhar o que penso com todos os meus 2 leitores.

Uma brevíssima introdução sobre o assunto deste texto, o cantor e compositor João Alexandre. Paulista de Campinas, ele é um dos (poucos) poetas da música gospel, autor de letras inspiradas e melodias elaboradas que flertam com samba, bossa nova e jazz. Foi um dos criadores da chamada linha “MPB gospel”.

Conheci o mais recente CD de João Alexandre, É Proibido Pensar, graças a um artigo que Elvis Tavares publicou no site da Efrata Music. O que me chamou a atenção foi o clipe da música, à disposição no Orkut. E não foi só a mim, como comprova uma rápida investigação na internet.

Na verdade, o polêmico vídeo, criado pelo blogueiro carioca Tito Von Brauner, é só o cartório. Há muitas aferições dele, mas na maioria das vezes as imagens são como retratos dos bois cujos nomes foram dados pelo próprio João Alexandre na letra de É Proibido Pensar, título inspirado, obviamente, na canção de Roberto e Erasmo.

De forma mais ou menos velada, no esquema “para quem sabe ler, um pingo é letra”, João Alexandre critica várias denominações evangélicas, ao falar do comércio e da teoria da prosperidade que tomou conta de muitas igrejas. A música gospel é atacada em seus modismos e mesmices: os “profetas apaixonados(...) distantes do trono”, o uso de instrumentos orientais, como o shofar (o vídeo ilustra com foto da cantora Fernanda Brum), a cópia de modelos importados, entre outros.

Mas independentemente de nomes e denominações, justiças e injustiças, João Alexandre está de parabéns por mostrar que, ao contrário do título da música, é possível refletir sempre, até mesmo quando o assunto é religião. Discussão muito pertinente numa época em que fiéis coíbem jornalistas de exercerem seu dever, que nada mais é senão informar.


5 comentários:

Samuel disse...

Caro Bin Brother, como critico nato de tudo que vivo e penso, este video me fez feliz.

Há tempos venho pensando de como a igreja deixou de ser a fonte produtora de musica de qualidade para ser uma reprodutora da musica secular de qualidade duvidosa.

Fiquei em duvida como terminar este comentario, então faço minhas as palavras do magrelo e não menos genial Zeca Baleiro: "O cara mais underground que eu conheço é o diabo, que no inferno toca cover das canções celestias".."A banda cover do diabo, acho que já tá por fora, o mercado tá de olho nas canções que Deus criou. Com trombetas distorcidas e harpas envenenadas. O mundo inteiro vai pirar com o Heavy Metal do Senhor!".

Ana Paula disse...

Antes de assistir ao vídeo no You Tube, recebi por email, do Pavazine, a letra da música.

Achei bem ácida, como é característica do João. O vídeo torna ainda mais dura a letra, e concordo que a música gospel não precise seguir padrões australianos para chegar ao Trono do Pai.

Temos sons tão particulares, tão nossos, que não são usados por puro preconceito. Gostamos tanto de Djavan, Jorge Vercilo e outros exponentes da MPB, então por que esse ritmo não existe no meio gospel?? Talvez seja essa a pergunta interna do João.

Sabemos, por razões 'zyj', que esse estilo não 'pega' em nosso mercado, infelizmente. Mas creio que haja um nicho pra ele, mas as gravadoras preferem não investir para não amargar prejuízos, ou não ter o retorno esperado que lhe devolvam os gastos...

De tudo, no vídeo e na letra, só não gostei da menção ao Missionário R.R. Soares, pois, entre os representantes do Evangelho em foco, é o único do qual nunca se ouviu ou foi tecido algum comentário que manchasse tanto sua integridade quanto a da Palavra de Deus.

No mais, é isso.
Bjos, Bin.
O blog tá show!

Anônimo disse...

Sinceramente, eu acho que esse cantor tem que criar vergonha na cara e ter mais temor à Deus e usar a música para o louvor d'Ele e não para julgar os outros, se pela palavra estas pessoas que ele citou estão erradas, não cabe a ele jugar e tão pouco escandalizar a obra de Deus com esse tipo de video, cabe a ele seguir o evangelho de Deus - já que se diz irmão - e parar de querer aparecer usando o erro dos outros, ele que cuide para não cair e siga a palavra de Deus; é simples, ele que pare de julgar e vá fazer boa música pra Deus, é engraçado, fez o vídeo se achando o santo, e se quer pensou nas conseqüencias que isso traz a obra de Deus, se esqueceu que esses erros são do homem e Jesus não tem culpa de nada disso, e é por causa do erro de homens que estão na igreja, que muitos que não conhecem a palavra deixam de se entregar a Cristo; é Joaõ Alexandre, você está de parabéns mesmo, colocou mais lenha na fogueira para que a obra de Deus fosse mais escandalizada - e dizer que é essa a retribuição que Jesus recebe de você; além de já termos um monte de fiasquentos no evangelho, agora temos mais um: João Alexandre.
Eu espero que você venha a se arrepender e a partir de então, comece a ter apenas um foco: Jesus.
"Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguem vai ao pai senão por mim!"

Anônimo disse...

Caro amigo"anônimo"... Meu nome é joão paulo, sou de fortaleza, membro da igreja betesda. Venho aqui tentar mostrar pra vc o que o joão alexandre não conseguiu através da sua musica: A verdade. Aonde esta a verdade nas músicas evangélicas de hj?????? pelo menos que se dizem evangélicas... um dia , o maior homem que ja pisou esta terra disse "Eu sou o caminho a VERDADE e a vida"... vc de quem estamos falando... a verdade, incomoda... a verdade dói... a verdade SEMPRE escandaliza.... mas a verdade abre os olhos e é isso que JESUS veio fazer aqui na terra.. abrir nossos olhos.. e nós como seus discípulos temos que fazer o mesmo...
Não defendo nenhuma denominação, muito menos aa minha... TODAS as igrejas são doentes por que são feitas de pessoas e essas por sua vez são doentes por que somos todos nós, sem excessão pecadores.. então, num mundo pecaminoso, cercado de gente pecaminosa, quanto mais nós fizermos de conta que nada está acontecendo.. que ta tudo bem.. que é perfeitamente aceitável pastores milionários tendo como unica fonte de renda a igreja, aceitar essas músicas pre-fabricadas feitas com intuito de vender milagres e maravilhas, nosso nome no brasil e no mundo vai continuar sendo o povo da igreja e nunca um povo que mudou uma nação....
"... não vos conformeis com este século....

Anônimo disse...

Então a verdade é falar dos erros dos meus irmãos, é mostrar pra todo mundo o pecado do próximo, foi isso mesmo que Jesus ensinou, usar o seu talento, no caso musical, para "acordar", levantar o que está caído; é assim mesmo que funciona! Um CD que é para evangelizar serve também para exortar! Misericórdia, o que estão ensinando dentro das igrejas! Realmente falta muita Palavra de Deus nessas vidas e este espaço é muito pequeno pra tanta coisa que deve ser dita. Pois é, o evangelho tem que ser pregado mesmo. E vocês que são irmãos em Cristo, procurem ler mais a bíblia pra falar menas bobagem! Jesus disse num de seus ensinamentos:
"Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. Porque você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer (dizer significa se expressar, pode ser através da música, de um vídeo, etc...) ao seu irmão: 'Deixe-me tirar o cisco do seu olho', quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão." Mateus 7.1-4. Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz às igrejas." Apocalipse 2.11. Para ser um discípulo de Jesus: "Disse Jesus aos judeus que criam nele: Se permanecerdes no meu ensino, verdadeiramente sereis meus discípulos. Então (só então) conhecereis a verdade e a verdade vos libertará." João 8.31,32. Que Deus abençoe vocês. Ronei Anônimo - Membro da Igreja Batista Independente, RS.