segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Falta repertório para Claudia Leitte ser uma nova Ivete Sangalo

Capa da revista “Vip” de janeiro, onde exibe suas generosas curvas, Claudia Leitte tá podendo. Às vésperas do carnaval, a cantora de axé divide-se entre os preparativos para a folia em Salvador e os programas de auditório de quase todos os canais.

Nessa queda de braço entre Gugus e Faustões, a Globo levou a melhor. Ontem, o “Domingão do Faustão” orgulhava-se de exibir a última apresentação do Babado Novo na TV com essa formação. No dia 17 de fevereiro, Claudia Leitte grava CD e DVD ao vivo na Praia de Copacabana, com os quais iniciará oficialmente a carreira solo.

A saída de Claudia Leitte do Babado Novo foi um caminho natural. Ela sempre teve destaque muito maior que os demais músicos, numa relação desigual e até injusta, por se tratar de um grupo. Aliás, este descompasso entre a exposição exagerada dos cantores e o ostracismo dos instrumentistas é uma característica peculiar das bandas de axé. Foi, certamente, um dos motivos que levaram Ivete Sangalo a partir para a carreira solo, que se tornaria muito mais brilhante que a dos tempos de Banda Eva.

É óbvio que Claudia Leitte tem Ivete Sangalo como um espelho e busca dividir com ela o posto de musa nacional. O que, diga-se, não é novidade. Em 2004, o Universo Musical publicou uma matéria de Neilton Silva, especialista em axé music, sobre o primeiro DVD do Babado Novo, na qual ele lembrava que, no início da carreira, Claudinha era comparada a Ivete até mesmo no timbre de voz.

O tempo passou e Claudia Leitte ganhou personalidade. Mas o fato de iniciar a carreira solo gravando CD e DVD num ponto turístico do Rio famoso mundialmente, da mesma forma que Ivete fizera com “Ao Vivo no Maracanã”, comprova que ela continua seguindo os passos da rival.

Assim como Ivete Sangalo, Claudia Leitte é talentosa, bonita, simpática, carismática e boa cantora. Mas existe um fator que, pelo menos até o momento, deixa a primeira a quilômetros à frente da segunda: repertório.

Ivete, quando começou a carreira solo, tinha uma base sólida formada por canções boas e de grande sucesso gravadas com a Banda Eva. Tanto que seu primeiro DVD solo, “MTV Ao Vivo”, trazia várias músicas do grupo, embora ela já colecionasse, sozinha, mega-hits do quilate de “Sorte Grande” e “Festa”. O rico passado também foi lembrado em “Ao Vivo no Maracanã”, DVD mais vendido até hoje no Brasil.

Claudia Leitte, por sua vez, sofre com o repertório irregular do Babado Novo. Com apenas quatro CDs no currículo, o grupo não possui tantos sucessos, e os que tem, à exceção da boa “Eu Fico”, não são nenhuma Brastemp. Canções como “Safado, Cachorro, Sem-Vergonha”, “Bola de Sabão” e “Insolação do Coração” agitam o público nos shows, como pôde-se ver recentemente no Festival de Verão de Salvador, mas, musicalmente, estão muito aquém de “Arerê”, “Alô Paixão”, “Beleza Rara” e outras tantas pérolas da Banda Eva.

Outra deficiência do Babado Novo, que Claudia Leitte pode explorar na carreira solo, são as baladas. O grupo não possui no repertório boas canções de amor, normalmente bem aceitas por emissoras de rádios de diferentes estilos.

Claudia Leitte não compõe tão bem quanto Ivete, mas isso pode ser aprimorado com o tempo e resolvido, a curto prazo, com a ajuda de bons compositores, o que não falta na música baiana. Se parar de fazer tantas releituras, como a infeliz versão do Babado Novo para “Dyer Maker”, do Led Zeppelin, e tiver competência na escolha do repertório, Claudia Leitte tem tudo para brilhar ainda mais em carreira solo. Talvez não supere a rival, pelo conjunto de boas canções que Ivete compôs ou interpretou, sozinha e na Banda Eva. Mas, pelo menos, talento para tentar não falta.

4 comentários:

Philipe Daniel disse...

Poxa, realmente o que mata a claudinha são as musicas esquisitas... mas cara, esse ultimo cd dela até que é bonzinho.. Tem a "Pensando em Voce" e umas outras que são bonitinhas!! Mas realmente faltam hits dignos!! Mas ela chega lá! Canta direitinho, carismatica, linda...

Gel disse...

É só entrar numa trilha sonora de novela da Globo. rsrs

Anônimo disse...

ah quem sabe agora sozinha ela emplaca de uma vez,sou suspeita pra falar adoro ela.

Gil costa disse...

Sou tiete da Ivete, e sou tbm tiete da Claudinha...e pq não? sou fã de ambas....adoro as músicas de Claudia...e ela é muitíssimo simpática, ao contrario de Ivete, qndo a encontrei no hotel em Araraquara ela estava com um mal humor insurportável, tive que implorar para tirar foto com ela......