quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Cassiane x MK: quem perde menos?

Foto: Marcos Bin

Olá amigo, feliz ano novo. Começo 2008 falando um pouco de música gospel.

Em 2007, não acompanhei o segmento com a mesma intensidade de anos anteriores. Pelas notícias que li na mídia e recebi das assessorias de imprensa, pareceu-me um ano sem grandes lançamentos ou destaques individuais.

Até dezembro, apenas quatro fatos me chamaram a atenção: 1 – o desmembramento do grupo Toque no Altar, no auge da carreira; 2 – a vitória de Aline Barros no Grammy Latino, o terceiro dela, segundo consecutivo; 3 – a estréia da sertaneja Sula Miranda como cantora evangélica; 4 – e o interesse da Globo na música gospel, primeiramente inserindo uma antiga canção de Aline Barros, Recomeçar, na trilha sonora da novela das oito, “Duas Caras” (feito inédito), e depois lançando, pela Som Livre, uma coletânea do gênero.

Mas, ao apagar das luzes de 2007, eis que surge uma notícia realmente bombástica: a saída de Cassiane da gravadora MK Music. Para quem não conhece o mercado gospel em detalhes, vale uma breve explicação. Com seu estilo pentecostal, Cassiane tornou-se a artista mais popular e a maior vendedora de discos da música evangélica nacional. Ela foi a única do segmento a atingir a marca de 1 milhão de cópias vendidas, feito conseguido com o álbum Com Muito Louvor, lançado pela MK Music em 1999. Cassiane mantinha contrato com a gravadora desde 1992, quando a empresa ainda se chamava MK Publicitá.

A saída de Cassiane da MK, em si, não chega a ser novidade, porque os desentendimentos entre ambos já eram públicos desde 2005. Naquele ano, Cassiane lançou o CD Sementes da Fé depois de muita especulação. O estopim dos boatos teria sido a ausência da cantora no megaevento Canta Zona Sul, promovido pela MK.

Na época, em entrevista para o Universo Musical, Cassiane me explicou que não comparecera porque já tinha outro evento agendado, o Clamor pela Paz, organizado pela Rede Melodia - emissora de rádio do mesmo grupo da gravadora concorrente Top Gospel. Ela resumiu o problema como “falta de comunicação”, mas confessou ter havido um certo constrangimento:

“Como não tinha como fazer os dois (eventos), tive que cumprir meu compromisso. Eles (a MK) ficaram tristes principalmente por causa do comercial na televisão, que acabou passando na Globo. Eu não sabia que isso iria acontecer. (...) Aí surgiram os boatos – eu fui para todas as gravadoras ao mesmo tempo. Eu dizia na época: ‘estou na MK até quando Deus mandar'”, contou-me Cassiane, numa entrevista realizada em novembro de 2005, no Reuel Studio, que pertence ao marido da cantora, o produtor Jairinho Manhães.

Se a separação era esperada, a forma como ela aconteceu foi, de certa forma, surpreendente. Falou-se muito que Cassiane, ao sair da MK, iria para a Central Gospel, gravadora dirigida por Silas Malafaia. A afinidade entre eles é grande, pois ambos são pastores da igreja Assembléia de Deus. Além disso, o CD De Criança para Criança, trabalho de estréia de Jayane, filha de Cassiane e Jairinho, foi lançado, em 2006, pela Central Gospel.

Mas Cassiane preferiu o caminho da independência. Com Jairinho, montou o selo Reuel Music, também uma editora, e lançou, no início de dezembro passado, o CD Faça Diferença. Vai aqui um parênteses: como informa Elvis Tavares no site Efrata Music, este é o mesmo título de um CD da cantora adventista Tatiana Costa. É mais uma prova da falta de criatividade que permeia o mercado gospel, algo que já tive a oportunidade de comentar, algumas vezes, no Universo Musical. Mas este é um assunto para outra postagem.

Mais um fato que merece destaque na briga Cassiane x MK é que a separação ocorreu de forma litigiosa. Novamente recorro ao meu amigo Elvis Tavares, que além de compositor, é advogado e, portanto, está inteirado sobre o mundo jurídico. No site da Efrata, ele informa que há na Justiça carioca duas ações referentes ao tema: uma no TJ da capital fluminense, onde a cantora questiona a gravadora, e a outra no fórum da Ilha do Governador, onde a gravadora questiona a cantora.

Some-se a tudo isso o fato de que Cassiane era duplamente contratada da MK Music: como artista solo e como integrante da dupla Cassiane e Jairinho, que em junho do ano passado lançou o CD Falando de Amor pela gravadora de São Cristóvão. O último trabalho de Cassiane pela MK, sozinha, foi um álbum retrospectivo, o CD/DVD ao vivo 25 Anos de Muito Louvor, de 2006.

Depois de tudo isso posto, vamos à pergunta do título: quem perde menos nessa separação? Na minha opinião, Cassiane. Ela tem quase 30 anos de uma carreira sólida e um público muito fiel, que certamente a acompanhará mesmo sem o grande poder de mídia da MK. E Cassiane tem uma série de exemplos de artistas que, antes dela, adotaram a independência com sucesso: Rose Nascimento, Ludmila Ferber, Marcos Goes, Álvaro Tito, todos donos de seus selos e muito longe de caírem no esquecimento popular.

Talvez a pior conseqüência para Cassiane seja a possível supressão de seus discos das prateleiras das lojas, como já aconteceu com quem deixou a MK de forma, digamos, não amistosa. Vide o exemplo da banda Catedral, cujo CD 10 Anos ao Vivo no Imperator, lançado em 1997, está há anos fora de catálogo, embora a procura do público seja grande.

A MK é uma grande gravadora, dona de uma estrutura digna de multinacional. Mas a saída de Cassiane – que certamente representará um baque nos cofres da companhia, ainda mais em tempos de recessão para o mercado da música – e a possibilidade de que o mesmo aconteça com outros artistas importantes, como há tempos vem sendo cogitado nos bastidores do mercado, pode ser o indício de que algumas mudanças internas são necessárias, sobretudo na filosofia da empresa. Uma proximidade maior com as demais gravadoras evangélicas seria um bom começo. Se isso realmente acontecer, não existirão perdedores.

20 comentários:

Philipe Daniel disse...

Com certeza a Cassiane perde menos!! Até pq sempre foi a propria que banca as suas produções! Ah, a mulher e o marido tem um estudio próprio, gravam Deus e o mundo, demoraram a montar uma gravadora. Novos selos são sempre bem vindos né, desde que eles não se restringem a distribuir os próprios! E Cassiane nao precisa de gravadora pra vender!!
Agora que buraco a Cassiane deixou na MK... Não tenhuma grande vendedora pentecostal agora!! Eles devem estar em desespero!! Eu apostaria na Suellen Lima (figura muitissimo conheçida no Sul do País)!!

O BERTOSO disse...

Com Certeza a Cassiane perde menos, a prova disso é que em menos de 20 dias ela já ganhou disco de Ouro pela vendagem de aproximadamente 100 mil cópias e não precisou da MK pra isso, embora se fosse pela MK teria sido umas 200 mil, mas isso não vem ao caso. Só não foi a noticia do ano de 2007 porque tudo isso aconteceu já no finalzinho do ano, mas a Cassiane fez certo e já foi tarde. Faça Diferença pra mim é um dos melhores, se não for o próprio até agora. E concordo com Philipe, a MK poderia contratar a Suellen Lima, pra não ficar sem cantora pentecostal, que apesar de ser novinha, canta bem, é carismatica e pode crescer lá.
Mas louvor pentecostal no Brasil, não tem pra ninguem, ainda é a Cassiane.

Julio Bertosão disse...

E sobre a supreção dos Cds da Cassiane, lógico que vai acontecer, na verdadee já aconteceu podemos assim dizer, pois no site de vendas da MK os tres ultimos cds de cassiane e todos de Cassiane e Jairinho estavam sendo vendidos por 9,90. Por isso é bom adquirir logo, já que a promoção acabou, é sinal de que os estoques estão poucos.

Marcos Paulo Bin disse...

Oi Bertoso. Só uma correção: desde 2004, a Associação Brasileira de Discos (ABPD) adota como critério, para a certificação com disco de ouro, a venda de 50 mil cópias. Portanto, não precisa chegar a 100 mil para ganhar o título. Mas só recebem oficialmente esse prêmio as gravadoras associadas à ABPD. No caso da música gospel, MK e Line. Abs

Gel disse...

Bom dia!

O que aconteceu com a Cassiane já era de se esperar. A MK gastou a imagem da cantora que, agora, quer seguir seus passos de forma independente.

Quem perde menos, agora, é a Cassiane. Porém, como qualquer mídia de expressão, a MK pode "fazer" uma substituta a altura. Eu lembro que, quando Cassiane estreou na MK, seu estilo pentecostal de música, e sua maneira de se apresentar não eram tão bem aceitos como hoje. Na época, Cassiane era tida como cantora "brega pentecostal". Aí, a mão de Deus e o trabalho artístico da MK fizeram de Cassiane o que hoje vemos: um ícone na música, não só pentecostal, mas da música evangélica. Quem, mesmo não sendo evangélico, nunca ouviu falar de Cassiane?

Portanto, hoje, quem perde menos é a Cassiane, porque os investimentos em mídia em todos esses anos foi da MK. Daqui pra frente, caso não aconteça um forte trabalho de divulgação e exposição por parte da cantora, de seus próximos trabalhos, ela certamente ficará menos "concorrida". É o que acontece, por exemplo, com cantores que antigamente eram o "must", mas que, agora, tiveram seu espaço conquistado por outros iguais ou melhores.

O trabalho de divulgação é árduo. Cassiane precisa de um bom produtor artístico, se quiser continuar como "artista". Talvez um do naipe do produtor de Roberto Carlos, que não deixa a peteca do cantor cair, apesar de suas músicas serem sempre iguais umas as outras. Aliás, essa foi uma estratégia usada pela MK, que fez cds de Cassiane uns iguais aos outros, com raríssimas excessões. Até a própria cantora confundia as letras, parando de cantar e deixando o público seguir com a letra.

Prova que, no momento, quem perde menos é Cassi, como é chamada na intimidade, é que, apesar dos outdoors de campanha do novo CD serem inexpressivos, a tiragem do CD Faça a Diferença foi, inicialmente, de 200 mil cópias. Aliás, nos outdoors da campanha, a foto da Cassi ficou bem estranha, com o braço da cantora parecendo qualquer coisa, menos braço.

Prova de que a cantora não quer mais nenhum vínculo com a antiga gravadora é que, em seu novo CD, a arte da capa ficou completamente "diferente" daquelas produzidas pela major. Cassiane inovou, fazendo uma capa em tom fosco, deixando pra trás toda e qualquer semelhança com as que a MK produziu até então para seus discos e DVDs.

Porém, a MK é uma empresa grande, com o poder da mída nas mãos. Eu lembro que, quando a Cassiane entrou para a MK, o estilo pentecostal e a sua maneira de se apresentar, sempre com vestidos e nenhuma maquiagem ou bijux, não eram tão bem aceitos como hoje. Na época, Cassiane era tida como cantora brega pentecostal. Mas, a ação de Deus e o trabalho artístico da MK fez de Cassiane o ícone que ela hoje representa para o meio gospel. Portanto, pra substituir a "artista" Cassiane, basta que a MK queira investir em uma outra pessoa. E ponto final. Com a tecnologia de hoje e os inúmeros caminhos da mídia e da produção artística em si, dificilmente a MK não encontrará alguém a altura de Cassiane para substituí-la.

Mas que a moça tem talento, unção e visão da "coisa", isso ela tem. E com o estúdio de Jairinho sendo um dos melhores do Brasil, continuar a carreira não será uma tarefa impossível. Agora, ela precisa ser mais do povão. Ela precisa estar próxima ao povo que a consagrou, igualzinho no início de sua carreira para, então, alçar novos vôos em direção à imortalidade musical.

fabinho disse...

Na moral, Cassiane ñ precisa da MK, ela tem as mãos de Deus sobre ela memo antes de nascer, ela tem unção e o público a ama, tanto evangélicos como pessoas que nunca foram à uma igreja, todos já ouviram uma música dele. A MK só sabe explorar os cantores e quando gasta a imagem dos mesmo tento colocar outro pra substituir, mas me digam, quem pde subsituir a Cassiane? kkkk ninguém

eyshila disse...

eu acho que a mk está agindo com muitos interesses materiais.nao tem uma igreja pequena que consiga um dfe seus cantores em um culto!!!a biblia fala que as coisas de deus nao é comércio!!!
então é melhor a mk vigiar porque o que deeus dá ele toma!!!
nathy

Anônimo disse...

Oi tudo bom?
Paz a todos.Essa briga de cantor e gravadoas é antiga,é akilo enquanto ta com a gravadora é um anjo,depois q sai vira demonio,foi asim com o catedral,rose nasciumento,cristina mel e outros.
Só quem ja viveu a realidade da MK,como artista sabe quais são as verdadeiras intenções e atitudes quando o asunto é dinheiro.Digo a MK porq conheço,mais tbm sei q nas outras gravadoras é a mesmo coisa.
Quanto a Cassiane com certeza ela vai se dar bem pq tem muito publico,basta ela ser criativa ,coisa q no meio gospel é raro,se trabalhar como proficional,ela vai se dar bem.
Em relação do q a Gel ou o Gel disse ,a cassiane sempre foi e sempre sera uma cantora gospel brega,pq o publico gospel é visto como um publico popular,ou seja sem muita cultura e as musicas q ouvimos hoje provam isso,ate as mais vendidas,e o sucesso ñ vem de unção ,mais sim de divulgação,por isso ta do geito q ta.
Como disse uma empesaria do meio gospel"musica de crente tem q ter gloia a Deus e aleluia se não não vende" e quando começou a "onda" de adoração disse:"tem q ter papai,papai,e todo mundo vai atraz",é isso aí galera no meio da musica gospel,o espirito da garopa é mais forte q o espirito de Deus.fiquem na paz.

Lavinia disse...

Sei que o assunto já é antigo, mas é claro que a Cassiane não perde nada, muito pelo contrário, só ganha. A MK, ou melhor, a Marina de Oliveira, quer pegar carona no sucesso dos outros. É só assistir ao making of dos dvs da MK. Só dá ela. Os cantores também não podem ser obrigados a fazer showmício e, é o que vem acontecendo, principalmente em São Gonçalo. Dava pra perceber que a Cassiane não aguentava mais. Com certeza ela vai dar muito mais frutos agora.

Anônimo disse...

I Coríntios 6

Anônimo disse...

só falta Aline Barros Fernanda Brum e Eyshila sai da MK para a Mk cai de vez e de homem Kleber Lucas

cris disse...

Pra mim a Cassiane é tudo de bom e não importa em qual gravadora esteja sempre será "Cassiane"! Concordo q Suellen Lima canta bem, mais pra substituir a Cassiane, ainda tem q come muito feijão, kkkkkkkkk!

Anônimo disse...

Cassiane sai é ganhando muito com isso. Livre das dominações de Marina de Oliveira, vai trabalhar livremente e receber o que lhe é devido. Não de pode comparar cassiane com Marcos Goes e Rose Nascimento. Eles não tinha o reconhecimento que ela tem. Álvaro Tito não mduraria muito tempo, mesmo numa grand egravadora. O estilo dele estava sendo utrapassado por outros cantores que surgiram. Ludmila Ferber continua firme e forte, pelo que sei.
Na boa, pra continuar nessa gravadora e se sujeitar ao depotismo dessa família que a rege, é melhor procurar outro emprego...

juliana disse...

As duas ganharam o que tiveram que ganhar durante esses anos. A Cassiane tem todo direito de escolher seu próprio caminho. É lógico que a mk vai perder mais e é natural, mas isso não lhe dá o direito de tentar impedir que a cassiane oi qualquer outro artista queira seguir seu rumo. Ninguém é escravo deles. Se houve quebra de contrato, paga-se o preço e ponto final.
Essa briga é muito feia para nós cristãos, isso nos mostra como nosso meio está corrompido pelo dinheiro, fama sucesso... isso nos mostra que estamos parecidos com o mundo e ouso dizer que estamos piores que os do mundo pelo menos no mundo não são louvores a Deus que está em questão.
A que ponto nós chegamos!!!! a justiça mandar recolher cds de louvores a Deus, a mando de uma gravadora que se diz evangélica. Jesus está voltando!!!!

Anônimo disse...

eu acho que a mk esta caindo pois a cassiane e uma cantora muito ungida de Deus .

Só falta sair a Fernanda brum e a Eyshila e o Kleber lucas ai ô "MK" se kuida...

Anônimo disse...

eu acho que a mk esta caindo pois a cassiane e uma cantora muito ungida de Deus .

Só falta sair a Fernanda brum e a Eyshila e o Kleber lucas ai ô "MK" se kuida...

aqvargas disse...

eu não sei vcs..mas acho que com a chegada de aline barros na mk, a gravadora deu uma " esfriada " na cassiane. lembro que ficou aquele frenesi todo em cima da Aline e cassiane meio esquecida. Na época eu reparei que cassiane andava sumida. Talvez a Mk estivesse apostando tudo na Aline naquele momento

Anônimo disse...

Acredito que a Cassiane tem que lutar pelo que Deus a dirige e a MK tem que ser competente, mas a vergonha é a hipocrisia de não se viver o que canta e não ser cristão nos negócios não praticando princípios de Jesus.

Cassiane foi ao Raul Gil na tv com mais de 50 milhões de pessoas de todos os tipos e discarregou fraqueza, mal testemunho e como é normal para os assembleianos (Deus perdoa)abriu o coração na hora e lugar errado.
Contradisse a doutrina biblica do perdão, disse que Deus iria fazer justiça e mostrou o barraco que ambas vinham fazendo.

Certamente ja pregou sobre o perdão de José, mas viveu o contrario, nem os católicos agiram assim.

Estava realmente na carne, eu a vejo como uma pessoa que tem dons mas que é fraca e não deveria estar na tv.

Para a podtura de uma pastora isso é péssimo e o diabo tem usado ferramentas que ela entregou a ele naquela noite.

Problemas são normais, mas os evangélicos resolvem no meio evangélico.

Acho que ela não tem pastor e precisa estudar a biblia mais do que cantar.

Continuo ouvindo cassiane, a perdoo, e que Deus abençoe.

Só espero que ela use a tv para evangelizar e que não faça mais isso. por que foi um barraco.

A verdade é que ela caiu na cilada de Satanás, e isso precisa ser resolvido a publico dando valor aos principios da palavra e testemunho de que somos humanos e erramos mas somos cheios de poder para perdoar e amar.

Se Deus for fazer justiça, a cantora e a empresa pagarão.

Por que até o dia em que cassiane falou no Raul Gil sua justiça não foi maior do que as dos escribas e farizeus.

Ela tem que ir a publico, pedir perdão e abençoar a MK.

Ai todos verão que ela não está escondida em dons, mas que tem carater e vive o que canta.

Nossaz luta é contra as trevas e lutar contra o natural é perder a batalha.

Será que ela vai arrumar aquela vergonha?

Ai vamos saber que tipo de mulher de Deus é ela...

Ela deu base pra muuita gente errar

Se exaltar é facil se humilhar é pra cristão e não cantores de elite que vão se ajustando a laodiceia

Cade os profetas da assembleia podiam ajuda-la?

andre disse...

Quem saiu perdendo em tudo isso foi a mk!! a cassiane q erquel a mk,e agora sem a cassiane a mk não é mais nada!!

Anônimo disse...

Deixa a irmã em nome de jesus e orem por ela...não percam o tempo de vcs, se preocupando com a vida alheia, deixem ela, a cantora do senhor Jesus...não mexam com os ungidos do Senhor!!!